Carvão Ativado Eu Quero mais Saúde 70g

R$33,00

A principal função do carvão ativado é remover as impurezas do organismo, por esse motivo o produto é muito utilizado em casos de intoxicação por alimentos, drogas, medicamentos ou produtos químicos.

Descrição

O carvão é usado em casos de:

1. Intoxicação por medicamentos – O carvão ativado adsorve muito bem os antidepressivos, os beta-bloqueadores, os bronco-dilatadores, os barbitúricos utilizados em dose excessiva (como na tentativa de suicídio) e muitos outros medicamentos.

2. Intoxicação por alimentos – Essas intoxicações são provocadas pela toxina secretada por um micróbio presente no alimento infectado (carnes, peixes, crustáceos, conservas, doces, etc). Absorvendo as bactérias e as toxinas (ex: Escherichia coli, Clostridium perfringens, Vibrio cholerae) o carvão impede que passem para o sangue. O carvão adsorve avidamente até as aflatoxinas, venenos produzidos pelos fungos do bolor, que podem prejudicar o sistema nervoso e causar câncer do fígado (100 gr de carvão ativado adsorvem 1 mg de aflatoxina B1). As aflatoxinas que aparecem, principalmente no pão e no amendoim embolorado, também podem estar presentes no presunto defumado, no coco ralado,  em nozes e em amêndoas.

3. Problemas digestivos – Como diarreia, gases e mau hálito. O carvão adsorve os próprios gases ou as bactérias intestinais que produzem os gases.

Em casos de diarreia, o melhor tratamento é a reidratação acompanhada de carboterapia, pois o carvão é eficaz no combate às diarreias provocadas por medicamentos e também à diarreia tão desagradável do turista (tomar 2 colheres de carvão em um copo d’água a cada 4 ou 8 horas).

OBS.: O carvão é usado muito eficazmente, três vezes ao dia, para diminuir o odor das fezes em pacientes com colostomia ou ileostomia.

 

4. Picada de cobra, aranha, escorpião, abelha, vespa, contato com água-viva.

Como o carvão ativado adsorve o veneno, aplica-se sob  forma de pasta, diretamente sobre a picada ou aplica-se uma compressa (envolvendo a pasta de carvão em uma gaze) coberta de plástico. Como medida de primeiro socorro, em caso de picada de cobra, lava-se o local da picada com sabão e mergulha-se durante uma hora em água com carvão (1/2 xícara de carvão para 6 a 15 litros d’água). Depois, aplica-se uma compressa no local da picada, trocando-se a cada 15 minutos. Também  ministra-se, a cada 2 horas, por via oral, durante 3 dias.

OBS.: Essas aplicações não devem substituir a busca de ajuda para a aplicação do soro contra o veneno de cobra, aranha ou escorpião.

 

5. Problemas dos olhos, nariz, garganta e ouvidos – O carvão pode ser usado como germicida no tratamento de infecções superficiais. Um  cataplasma de carvão representa, às vezes, o único tratamento de uma furunculose no canal auditivo. Também podemos branquear os dentes escovando-os com o carvão numa escova úmida.

6. Insuficiência renal aguda e crônica – Para combater as complicações infecciosas.

7. Icterícia grave do recém-nascido – Para a adsorção de bilirrubina. No caso de icterícia nuclear, foi possível reduzir a necessidade de transfusão, dando ao bebê 1/2 colher de chá de carvão ativado em uma mamadeira, a cada 3 horas.

8. Feridas infectadas com pus – Como ficou comprovado que os curativos com carvão ativado adsorvem bactérias, diminuem as secreções e  reduzem o mau cheiro da ferida, a Grã-Bretanha emprega esses curativos nos campos de batalha. O carvão é também usado em hospitais para curativos de úlceras varicosas infectadas e feridas pós-operatórias infectadas. Constataram que o carvão adsorve Bacillus subtilis, Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa, Proteus vulgaris, Staphylococcus aureus e epidermis. Graças ao carvão uma moça que sofria de diabetes juvenil pôde evitar que um de seus pés fosse amputado.

9. Problemas de dependência – O carvão adsorve eficazmente muitas substâncias contidas nas bebidas alcoólicas (o álcool etílico e outras substâncias do gênero), responsáveis pelos sintomas da intoxicação alcoólica aguda. Também ficou comprovado que o carvão é um adsorvente eficaz de diversos alcalóides e principalmente da nicotina e da morfina.

10. Envelhecimento – Como o organismo, ao envelhecer, torna-se mais sensível aos agentes tóxicos, diversos geriatras comprovaram o efeito benéfico de uma dose diária e regular de 20 a 80 gr (3 a 12 colheres de sopa) de carvão em pó, para pessoas de idade. A carboterapia bem conduzida pode regenerar o organismo e aumentar a longevidade.

 

COMO USAR:

A quantidade mínima de carvão utilizado deve ser igual a 8 vezes a quantidade de tóxico ingerida. Quando a quantidade é desconhecida, administra-se, em caso de intoxicação aguda, 100 a 120 gr ( 7 a 12 colheres de sopa em água, o suficiente para formar uma sopa espessa).

Se houver dificuldade em beber a sopa, pode-se chupar o carvão diluído por meio de um canudo grosso.

Doses repetidas de carvão ativado permitem aumentar a eliminação dos tóxicos e prevenir a sua reabsorção durante o trânsito pelo aparelho digestivo.

A coloração preta das fezes é um efeito normal que mostra o trânsito intestinal do carvão.

Aconselha-se tomar o carvão em horário afastado das refeições, para evitar a possível adsorção de vitaminas e de oligoelementos.

Informação adicional

Peso 1000 g
Dimensões 16 × 10 × 10 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Carvão Ativado Eu Quero mais Saúde 70g”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − 7 =